Godofredo, O Dorminhoco

Godofredo era um homem muito preguiçoso, só queria “sombra e água fresca”. Além disso tinha uma esposa que, de generosa, só tinha o nome. Ela constantemente acordava o marido com boas chibatadas e água fria na cabeça.

Mesmo casado, Godofredo tentava conquistar outras mulheres, mas todos seus encontros amorosos fracassavam e ele acabava retornando aos braços de sua malvada esposa.

Um belo dia, nosso protagonista lê um anúncio de jornal oferecendo vaga de jardineiro num castelo. Chegando lá, sua vida se transforma em terror e muita desilusão. O castelo era sombrio e habitado por pessoas prá lá de macabras, o que acarreta muitas gargalhadas aos espectadores e muitos sustos ao pobre Godofredo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *